A Matemática e a hora do relógio na operação de dividir A Matemática e a hora do relógio na operação de dividir - Valor X

Valor X

Laudos e Cálculos Judiciais, Cálculos trabalhistas, Cálculos previdenciários, Cálculos Financeiros, Cálculos bancários, Cálculos Matemáticos

CONSULTORIA EM CÁLCULOS

LightBlog

Posts Recentes

31/10/2017

A Matemática e a hora do relógio na operação de dividir



 

A Matemática presente nas horas do relógio na operação de dividir, pois bem você sabia que a  Matemática inegavelmente está presente em praticamente tudo o que de algum modo percebemos ao nosso redor. Praticamente tudo o que temos hoje, das construções humanas, surgiu de alguma necessidade percebida, de estudos e que passou e tem passado por inúmeras transformações. Com o relógio não foi diferente; relacionado a este aparelho e à sua funcionalidade há muito de matemática por aprender e ensinar.

Vamos para a resolução deste problema:



Uma mãe tem 30 reais para dividir entre duas filhas. Que horas são?
Nessa questão utilizamos o raciocínio lógico com a operação de dividir. Então temos 30/2 = 15 reais. Logo percebemos que são 15 para duas. Ou seja, na hora do relógio 1;45 Alternativa D.

O funcionamento do relógio mecânico é baseado em repetidos ciclos (períodos), vários conteúdos matemáticos e da física podem ser retirados a partir da base de funcionamento dos relógios. Algumas referências remetem a: cálculos trigonométricos e geométricos, frações, operações básicas, período, ciclo, tempo, variação,

Como surgiu o relógio?

Não se tem precisamente dados sobre a origem do relógio; mas ele provavelmente surgiu já com a ideia de uso como medidor do tempo; uma necessidade humana para dividir o tempo e organizar suas tarefas. Os relógios mais antigos encontrados eram os relógios de sol, os primeiros registros dos relógios datam de aproximadamente 600 a.C., aparecendo na Judéia. O relógio mecânico baseado em engrenagens e pesos foi construído em no ano de 850 d.C.; não se sabe ao certo quem foi o primeiro construtor, mas credita-se ao monge francês Gerbert (Papa Silvestre II).

O tempo dividido em horas surgiu por volta do século XIV, com o sistema uniforme de movimento dito foliote. Em 1595, Galileu desenvolveu a Lei do Pêndulo, cerca de 2.200 anos depois do possível aparecimento do primeiro relógio e com isso, obteve se maior precisão da divisão do dia em horas, substituindo o sistema foliote. Após o surgimento do relógio mecânico, vieram uma variedade de técnicas de registro do tempo. Existem relógios de pêndulo, quartzo, cronômetros e os mais precisos relógios atômicos.

Acredita-se que os primeiros relógios portáteis surgiram por volta de 1500, tendo apenas o ponteiro das horas, e cerca de 200 anos após sugiram os primeiros mecanismos que marcavam também os minutos.

Os relógios com cálculos

Alguns tipos de relógios podem ser verificados a partir de um artigo do site mundo dos relógios; relógio de sol, relógio de água, relógio de areia, relógio de bolso, relógio de pulso e relógio digital. Há também um site que descreve sobre o Museu do Relógio em Portugal, nas cidades de Serpa e Évora; nele é possível conferir inúmeras relíquias. Na Suíça, está o famoso museu internacional de horologia, o Musée d'Horlogerie du Locle em Château des Monts.

 A empresa Contadino, apresenta e seu site um artigo muito interessante: "TIC-TAC, O relógio e o tempo" que trata da história do relógio, da torre de Big Ben, o observatório de Greenwich (Londres), uma referência à Suíça, Horologia, fusos horários, o horário de verão, o Museu do Relógio Dimas de Melo Pimenta (São Paulo), e outros.
Mas existem incontáveis relógios que remetem a cálculos e símbolos matemáticos.


Valdivino Sousa é Professor, Matemático, Pedagogo, Contador, Bacharel em Direito e Escritor. Pesquisador sobre Engenharia Didática em Educação Matemática; Modelagem; Construção do Conhecimento em Matemática; Modelos Matemáticos e suas Aplicações na vida real. Criou o método X Y e Z que facilita na aprendizagem de equação e expressão algébrica com objetos ilustrativos. Seu trabalho é reconhecido com Medalha de Mérito como docente pelo Instituto Matematics
Docente nos cursos de Matemática, Ciências Contábeis, Administração e Engenharia. Autor de mais de 10 (dez) livros e têm vários artigos publicados em revistas e jornais especializados.   Semanalmente escreve para o portal D.Dez, Jornal da Cidade e Folha Online. Sobre: Educação Matemática e Desenvolvimento da  Aprendizagem.
Site: www.valdivinosousa.mat.br – E-mail: valdivinosousa.mat@gmail.com      Celular / Whatsap: 11 – 99608-3728



 COMENTÁRIOS

Comentários
Anselmo Amirati
Anselmo Amirati 30 para as duas é a resposta correta (01:30 hs) ... se for 15 para as duas (01:45) então o texto deveria ser 15 reais para dividir para as duas...
Gerenciar
Zeluiz Varricchio
Zeluiz Varricchio Só que nas opções não tem 1:30
Gerenciar
Anselmo Amirati
Anselmo Amirati exatamente...então a questão está errada e será anulada... rsrsrs
Gerenciar
Mauricio Fares
Mauricio Fares D - 1:45, ou seja 15 para as duas.
Gerenciar
Rubens Toledo
Rubens Toledo Quinze para as Duas.... ehheehehe Boa! Letra D.
Gerenciar
Valdivino Sousa
Valdivino Sousa A Matemática e a hora do relógio na operação de dividir
Uma mãe tem 30 reais para dividir entre duas filhas. Que horas são?
Nessa questão utilizamos o raciocínio lógico com a operação de dividir. Então temos 30/2 = 15 reais. Logo percebemos que são 15 para duas. Ou seja, na hora do relógio 1;45 Alternativa D. Parabéns aos que acertaram!

O funcionamento do relógio mecânico é baseado em repetidos ciclos (períodos), vários conteúdos matemáticos e da física podem ser retirados a partir da base de funcionamento dos relógios. Algumas referências remetem a: cálculos trigonométricos e geométricos, frações, operações básicas, período, ciclo, tempo, variação.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Novo Chat

   

Chat ao Vivo