Valor X

O Blog do Prof. Valdivino Sousa pretende de uma forma simples apresentar como a Matemática está presente em tudo, e como ela está inserida em nosso cotidiano.

Um jeito diferente de Aprendar Matemática

LightBlog

Posts Recentes

10/02/2017

Valdivino Sousa visita o Radialista e Apresentador Clayton Aguiar


O Professor e Escritor Valdivino Sousa na Rádio Estúdio Brasil em Brasília, com o Radialista Clayton Aguiar do qual é fã desde da época em que tinha seu programa na Rádio Nacional da Amazônia. Clayton Aguiar  é um artista e comunicador, nascido em Coromandel, mas que vive atualmente em Brasília, onde atua com apresentador de rádio e TV, empresário do ramo musical, consultor empresarial e escritor. No município em que nasceu, é proprietário da Rádio Super 95 FM.
Mais de três décadas dedicadas à área de comunicação, em 2010, Clayton  comemorou trinta anos de carreira como cantor, vinte e sete anos como apresentador de televisão e vinte e seis como radialista. Começou sua carreira musical, na Sala Funarte, em Brasília. Em 1982, venceu o Festival de Música de Brasília com a canção “Xote Mineiro”. Autor do livro “1998 – Os bastidores de uma campanha”, onde conta os fatos  acontecidos nos subterrâneos da campanha política de 1998,

em Brasília que envolveu em ferrenha disputa o então governador do PT, Cristovam Buarque e seu desafiante, Joaquim Roriz, do PMDB. A mais dura luta política já travada no Distrito Federal teve momentos de natural antagonismo entre os adversários, além de brigas internas por espaços de poder na intimidade das duas campanhas, o que deu um sabor super interessante ao livro, que hoje é um dos mais vendidos, mesmo sem muita divulgação da mídia, a não ser o boca-a-boca. Clayton já passou por vários veículos de comunicação, TV Capital (hoje Record), TV Nacional, TV Bandeirantes, TV Brasil Central de Goiânia, Rádio Planalto AM, Rádio Nacional de Brasília AM, Rádio Nacional da Amazônia Ondas Curtas, Rádio Jornal de Brasília FM, Rádio JK FM, Rádio Globo Brasília AM e atualmente na Rádio Estúdio Brasil.

“Tenho certeza que nasci no lugar certo. Ser filho de seo Tonho Aguiar e dona Ilma, conterrâneo de Goiás e Abel Ferreira e de tantos artistas de tanto talento”. Disse Clayton. A Rádio Estúdio Brasil  produz e disponibiliza de forma gratuita, programas com alguns renomados radialistas com Márcia Ferreira e Edelson Moura. Clayton estreou na emissora, no dia 16 de junho de 2008 com trinta e duas emissoras transmitindo o ‘Programa Clayton Aguiar’. Hoje são algumas centenas, o cantor fala que “é até difícil dizer o número certo porque todos os dias chegam novas rádios de todo o Brasil e também do exterior, desde grandes capitais como São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Cuiabá, Campo Grande, Porto Velho, Teresina até pequenas cidades do mais longínquo interior. Mas já são mais de quinhentas emissoras”.

Vivemos em um meio denominado de “técnico-científico-informacional”,onde os fluxos de informações são instantâneos, a relação da Internet atualmente assume papel importante na disseminação dos conteúdos em uma emissora de rádio. Coromandel tem a honra diante dessa mundialização dos meios tecnológicos, e pode desfrutar do programa de seu filho ilustre, na rádio Gerais FM, de 05h00 as 06h30m.Clayton relaciona o poder da Internet e o crescimento das novas possibilidades do rádio no mundo, “a Internet é uma ferramenta extraordinária que veio dar um enorme impulso às rádios tradicionais, inclusive acabando com a divisão entre AM e FM, porque no computador o som de todas é o mesmo, eliminado assim a diferença que havia entre elas que era exatamente a qualidade da recepção. E possibilita que qualquer rádio por menor que seja, seja ouvido no mundo todo. O papel do rádio é ser o espelho da sociedade, que a ela está ligada, mantendo sua cultura e suas tradições. Pelo menos esse deveria ser o seu papel, mas infelizmente nem sempre é assim”.

Toda profissão existe suas dificuldades, não seria diferente na comunicação. Ser comunicador nos dias atuais para Clayton significa que “sempre significou levar entretenimento, informação, prestação de serviços, humor, enfim tentar tornar a vida das pessoas um pouco melhor, mesmo que seja por poucas horas por dia. Se conseguirmos agradar pelo menos uma pessoa já terá valido a pena. O rádio continua sendo o mais importante veículo de comunicação, mesmo com o advento das formas de mídia mais modernas. O rádio é imbatível por cumprir o papel de companheiro, de supridor de carências”.

As inspirações nas diversas áreas da comunicação do cantor foram muitas, ele conta que “tive uma educação bastante eclética. Meu tio Geraldo Goulart tinha uma eletrola, uma raridade naqueles distantes anos da década de cinquenta. E foi ali que ‘bebi’ o som dos grandes cantores e instrumentistas do Brasil e do mundo, Luiz Gonzaga, Ângela Maria, Nelson Gonçalves, Ataulfo Alves, Jackson do Pandeiro, Abel Ferreira, Elvis Presley, Frank Sinatra, Miguel Aceves Mejia e muitos outros. Dessa miscelânia nasceu meu gosto musical e daí vieram todas minhas referências e influências. E o rádio sempre fez parte da minha vida e ficava na sala de minha casa transmitindo o Repórter Esso, as novelas e o futebol”.

Clayton é um divulgador da nossa cultura, com sua simplicidade e carisma que encanta a todos, sempre mostrou boa vontade em ajudar as pessoas que estão começando nas áreas de comunicação. O cantor afirma que “não tenho a pretensão de dizer que fui responsável pelo sucesso de ninguém. Apenas tive a oportunidade de ser um degrau na escada que levou ao sucesso amigos como "Leandro e Leonardo", "Chico Rey e Paraná", "João Paulo e Daniel", "Bruno e Marrone", "Zezé de Camargo e Luciano" e muitos nomes que hoje brilham no cenário nacional”.
Coromandel, terra de talentos, pessoas que possuem grandes habilidades e especialidades em diferentes áreas. Umas dessas pessoas sábias, com certeza és Dr. Sebastião Machado, que lançou seu livro em Janeiro, "Minha Terra, Minha Gente"..
.

Ser amigos de tantos artistas de tanto talento, com tantos amigos queridos, é um presente de Deus. Ser gente de Coromandel significa ser filho da alegria e da paixão de um lugar abençoado por Deus”.
Com um percurso brilhante e respeitado, 30 anos na Comunicação! A carreira foi dedicada sempre a essa área... Clayton comenta sobre o papel do comunicador diante de um mundo capitalista e globalizado em que vivemos “a vida sempre nos oferece mais de um caminho. Eu optei por fazer um rádio sem jabá (para quem não sabe, jabá é cobrar dos cantores para tocar suas músicas), um caminho que procura fazer um programa que toque o coração do ouvinte”.Quando o cantor e compositor fala de Coromandel, seus olhos brilham mais do que o normal, fato que é nítido em sua aparência, falar de sua terra natal é fator determinante de emoção e carinho que sempre teve e tem por essa gente, quantos e quantos nomes de Coromandel, o mesmo não dedica ou conta seus famosos “causos” pelo rádio? Não existe nenhum dia que o radialista não fala de pessoas através das ondas da rádio aqui de Coromandel, terra que ama. Na atualidade, o maior divulgador da cultura de nosso povo, sem dúvida alguma, é o radialista.  Segundo Clayton  “isso pra mim é uma coisa absolutamente natural.Falar da minha terra e dos meus amigos, é antes de tudo um grande prazer”.

Nada mais justo do que essa homenagem do Jornal de Coromandel, como veículo de comunicação, que valoriza e resgata constantemente a cultura de nosso povo, valorizá-lo em sua plena carreira no ápice de seus 30 anos de trabalho. Clayton fala do seu grande amigo, outro filho ilustre de nossa terra, Gerson Coutinho da Silva- o poeta Goiá, “Goiá foi o artista que todo mundo conhece, mas foi também  amigo atencioso, carinhoso para aqueles que tiveram como eu, o privilégio de privar de sua amizade. Goiá foi um poeta na arte e vida”.

De irmão para irmão... Para quem não sabe, Clayton é irmão de nosso apresentador da TV Coromandel - Wellington Aguiar, outra pessoa de prestígio de nossa cidade, parece que o talento está no sangue da família Aguiar. “É claro que sou suspeito para falar do meu irmão. Mas, o Eto é muito mais do que irmão, que é uma consequência biológica, é um grande amigo e uma das pessoas mais brilhantes, íntegras que eu conheço. É uma grande alegria poder privar de sua intimidade, é meu grande mestre”, diz Clayton sobre o irmão. Para as pessoas que estão começando agora na área de comunicação (locutor, cantor, jornalista...) o radialista dá as sua dica de sua longa experiência “em todas as áreas, em minha opinião, o procedimento é um só, verdade, determinação e respeito ao próximo”.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário